• Mamãe de Duas

Menina de 12 anos tem alergia à água: "Um banho pode matá-la", diz a mãe

Atualizado: 24 de Dez de 2020

Segundo a mãe de Sari, a filha, Danielle McCraven, que tem 12 anos, ainda tem urticária sempre que chora ou sua. Acredita-se que essa condição rara afete menos de 100 pessoas em todo o mundo.

Uma estudante de 12 anos foi forçada a desistir de seu hobby preferido, que era nadar, devido a sua condição de saúde bastante rara: alergia à água.


Menina de 12 anos tem alergia à água

O problema de Danielle McCraven, 12, de Haughton, Louisiana, Estados Unidos, é tão grave que até um simples banho pode matá-la. Em entrevista ao Daily Mail, a mãe, Sari, 39, contou que a filha foi diagnosticada com "urticária aquagênica" há menos de um ano, sua condição que afeta menos de 100 pessoas em todo o mundo.


A menina, que amava nadar, começou a desenvolver feridas cutânea com muita coceira e dores sempre que entrava em contato com a água. Inicialmente, Sari pensou que a temperatura da água havia causado esse tipo de irritação na pele, mas quando se tornou mais frequente, resolveu buscar orientação de um médico.



Sua mãe com quatro filhos disse: "Sari estava tomando banho há mais de um ano e disse que achava que era alérgica à água. Eu disse a ela que não era possível e que ela deveria ter esquentado muito a água. Os pés estavam muito vermelhos e coçavam e foi piorando cada vez mais, mas achei que não existisse alergia à água.


Então, ela foi pra natação e ficou coberta de urticária. Depois disso, a levei ao hospital. Ele derramou água no braço dela e observou reação do que iria acontecer. Um médico se recusou a acreditar que ela era alérgica à água e a testou por todo o corpo. Aparentemente, é algo que se desenvolve na puberdade, mas é tão raro que eles não sabem o suficiente para tratá-la", comenta.


Infelizmente, além de largar a natação, ela necessitou carregar um medicamento de urgência para o caso de entrar em um choque anafilático, é supervisionada sempre durante o banho e tomar uma dose de anti-histamínicos diariamente. No verão, ela também evita sair de casa para não suar.



"É doloroso e muito difícil para ela, não sei o que se passa na cabeça dela pois é horrível.

Ela amava nadar e chorou no verão passado quando não pode mais nadar com seus amigos. A água pode causar choque anafilático ou pode entrar em seus pulmões se ela tiver um surto grave, portanto, é fatal. Ela é alérgica a água mineral, água salgada, água da torneira...

porém ela pode ingerir. É estressante quando ela precisa lavar o rosto ou tomar banho porque ela não quer, pois ela fica com medo. Danielle também adora ginástica, mas ela sua muito então teve que parar. Ela toma anti-histamínicos bem fortes todos os dias, mas ainda tem surtos. Espero, só que ela não piore com o tempo, porque temos medo de que o pior possa acontecer",

finalizou.


A alergia à água, tem o nome cientifico como urticária aquênica, é uma doença que tem o caso raro no qual a pele desenvolve manchas vermelhas e que irritada pouco tempo após o contato da pele com a água, independente das suas temperaturas ou composição.

1,556 visualizações0 comentário