• Mamãe de Duas

"A Mil", disse o pai de siamês, que passou por uma cirurgia de separação

"A Mil", disse o pai siamês de dois meses, que passou por uma cirurgia de separação em SP nesta quarta-feira.


Siamesas Sará e Eloá estão unidas pelo peito (Foto: Reprodução Facebook)

A operação acaba de começar e deve durar o dia todo. Sara e Eloá do peito de Rondônia se unem, compartilhando válvulas hepáticas e cardíacas.

"A amamentação é boa, tranquila e plena, e parece que estão até esperando a cirurgia", disse o técnico de informática Vanderson Maia, 32, pai das gêmeas Sara e Eloá. Meses. As meninas nasceram no Hospital das Clínicas de São Paulo no dia 23 de setembro durante 35 semanas. Desde então, eles estão na unidade de terapia intensiva, aguardando a tão esperada operação de separação, que começou esta manhã.



“Eles finalmente entraram na sala de cirurgia às 8h e não tiveram tempo de sair. As pessoas acreditam que a operação vai demorar um dia inteiro, cerca de 20 horas ... o coração bate! Apesar da complexidade, a equipe médica está muito confiante na operação. Eles estão engajados, nós Também está indo bem. Ontem (8), nosso filho mais velho foi para Rondônia, então está com o coração apertado. Ele expressou a vontade de conduzir o médico ”, disse.

Poucas semanas antes da operação de separação, as meninas foram submetidas a uma operação de dilatação da pele, que, segundo o pai, foi um sucesso. Ele disse: “Isso deu o resultado que o médico queria.” Ele explicou: “Eles colocam um preenchido no estômago para esticar a pele. Todos os dias, a quantidade total de líquido que injetam chega a 250ml. Está tudo bem. O suficiente para fechar a pele para a cirurgia. ”O pai explicou:“ A equipe de pesquisa também fez um molde 3D do coração da menina para que eles pudessem estudar como realizar a cirurgia.


bebês estão na UTI (Foto: Arquivo pessoal)

Lembrar


Van dersen e sua esposa Jaqueline Camer, 29, de Alvorada do Oeste interior de Rondônia, mas em agosto, embora ainda grávidas, mudaram-se temporariamente para São Paulo em busca de atendimento médico especializado . Os dois já são pais de Victor, de 9 anos, e disseram que durante o primeiro exame de ultrassom descobriram que as meninas eram siamesas. Ele lembrou: “Estávamos com medo, mas cheios de confiança, porque nos apaixonamos por eles”. O pai disse: “O parto correu bem, sem complicações. Sara nasceu muito bem e respirava sozinha, mas ah Eloá tem dificuldade para respirar, então ela precisa ser entubada para respirar ”, disse o pai.



“Eloá é cardiopata. O ventrículo direito tem duas saídas. As duas saídas compartilham o fígado e compartilham as válvulas do coração. Isso deixa Sara muito cansada porque o coração dela trabalha para esses dois. Desde que ele disse. Em dois meses, essas meninas foram infectadas com o vírus. Entre outras complicações, uma delas também teve convulsões e hipossaturação, mas felizmente não houve sequelas. Van dersen concluiu: “Tudo isso permitiu à equipe médica avançar na separação. . "

206 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo